Saúde alerta sobre diabetes e alcoolismo

Jornal de Sergipe
Segundo a pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde (MS), a cada três mortes registradas no país, duas são de homens.

A falta de realização de exames preventivos associada aos fatores de risco, como aumento da ingestão de sal, obesidade, uso abusivo de álcool e sedentarismo, faz com que muitos homens fiquem mais predispostos a adquirir doenças como diabetes e hipertensão.

De acordo com a gerente da área técnica de Controle da Diabetes da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Stella Gouveia, em Sergipe estima-se que 4,2% da população masculina adulta, com 18 anos ou mais, pode desenvolver diabetes. Isso representa um número de 28.300 homens no estado.

Já no alcoolismo a dependência do álcool é uma condição frequente e atinge cerca de 5% a 10% da população adulta brasileira. Em 2011, houve 1.300 internações hospitalares ocasionadas pelo uso de álcool no estado de Sergipe. Entre os tipos de drogas mais consumidas, o álcool apresenta-se em primeiro lugar.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)