Resgate de dependentes químicos é celebrado em aniversário de 95 anos do Padre Haroldo

Padre Haroldo Rahm, parceiro da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania no enfrentamento às drogas, celebrou no último domingo (23/02) seu aniversário de 95 anos em um evento na Cidade de Campinas, próximo ao Instituto que ele ajudou a fundar. O sacerdote norte americano chegou ao Brasil há 50 anos, onde tem se dedicado ao regaste de dependentes químicos. O coordenador de Políticas sobre Drogas da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, Mário Sérgio Sobrinho, representou a pasta na homenagem.

“O Padre Haroldo é um exemplo a ser seguido. Ele dedica toda sua vida ao resgate da dignidade de pessoas que sofrem do mal causado pelas drogas”, ressaltou o secretário do Desenvolvimento Social, Rogério Haman, sobre as obras do religioso, que incluem as entidades que atuam no Programa Recomeço: Instituto Padre Haroldo Hahm, o grupo de mútua ajuda Amor Exigente e a Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas (Febract). Também criou a Fundação Latino Americana de Comunidades Terapêuticas, a Pastoral da Sobriedade, Movimento Aliança Cristã e outros.

“Quando cheguei aqui no Brasil, em 1964, eu visitei a cidade de Aparecida e decidi ‘quero viver onde estou como cidadão brasileiro’”, contou Padre Haroldo, com seu forte sotaque norte americano, sobre o país que adotou. “Depois, fui ao Rio Janeiro e entrei na igreja Santo Inácio. No tabernáculo, pedi ‘Me ajude a viver servindo ao povo brasileiro”.

Acolhidos

O Instituto Padre Haroldo Rahm, em Campinas, recebe em média 800 pessoas por dia. Desde sua criação em 1978, já atendeu mais de 70 mil adultos, adolescentes e crianças. “Essas credenciais fizeram o Governo do Estado de São Paulo, através do Programa Recomeço de recuperação a dependentes químicos, escolher o Padre Haroldo como a primeira entidade para implantar o programa”, explicou o Rogério Haman.

O Programa Recomeço foi lançado em maio de 2013. Um mês depois, o Instituto solicitou o cadastramento. Após análise dos documentos e visitas técnicas, a entidade foi credenciada e, posteriormente, conveniada, oferecendo 60 vagas para dependentes químicos de Campinas e outras cidades. O Governo Estadual financia R$ 1.350 reais mensais por vaga.

Durante o evento, houve celebração de missa e jantar para mais de mil pessoas que foram homenagear o sacerdote. Além de autoridades, como o prefeito de Campinas, Jonas Donizzete, o presidente da câmara dos vereadores de cidade, Campos Filho, e o representante Departamento de Estado dos Estados Unidos, Thom Browne, estavam presentes na comemoração os residentes da comunidade terapêutica acolhidos por Padre Haroldo.

Fabiana Campos
Assessora de Comunicação
Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania Governo do Estado de São Paulo
Fonte:UNIAD – Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas