Risco de morrer dobra em usuários de ansiolíticos e soníferos, diz estudo

Nicholas Bakalar – The New York Times
Um estudo extenso associou diversos ansiolíticos e soníferos a um risco alto de morte, embora não se saiba ao certo se foram eles a causa.

Os pesquisadores acompanharam por mais de sete anos 34.727 pessoas que tomavam ansiolíticos como Valium e Xanax, ou medicamentos contra insônia, como Ambien, Sonata e Lunesta, e outras 69.418 pessoas que não tomavam esses medicamentos. Após considerar diversos fatores, os pesquisadores descobriram que o risco de morte quase dobrou entre as pessoas que tomaram os medicamentos. O estudo foi publicado online no periódico “BMJ”.

Os pesquisadores procuraram considerar diversos fatores, como o uso de outros medicamentos prescritos, idade, tabagismo, consumo de álcool, nível socioeconômico, bem como outras características. Eles também consideraram fatores de risco de mortalidade como distúrbios do sono e ansiedade, bem como outras doenças psiquiátricas.

Scott Weich, principal autor do estudo da Universidade de Warwick, na Inglaterra, afirmou que ele e seus colegas não puderam considerar a gravidade da doença do participante, mas que a pesquisa “contribui com o acúmulo de evidências de que esses medicamentos não são seguros”.
Fonte:UNIAD – Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas