Dependentes de álcool são maioria em centros de atenção psicossocial no Distrito Federal

No Distrito Federal, não se sabe exatamente quantos dependentes de álcool existem nem qual o padrão de consumo. Mas, de acordo com Secretaria de Saúde, das 100,5 mil pessoas atendidas nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) em 2013, 80% — ou 80,4 mil — têm problemas exclusivamente com a bebida — o restante faz uso abusivo de álcool e de outras drogas.

Os dados nacionais são igualmente assustadores. Segundo o Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa), estudos recentes demonstram que, no Brasil, as primeiras doses são ingeridas, em média, aos 13 anos. Em 2012, cerca de metade da população, 67,2 milhões de pessoas, bebeu. Desse total, 60% relataram um padrão pesado de consumo, ou seja, ingeriram entre quatro e cinco doses em duas horas. E outros 17%, quase 12 milhões, apresentam um uso de risco para a dependência.
Autor: Adriana Bernardes
OBID Fonte: Correio Braziliense