Alemanha quer proibir propaganda comercial do tabaco

Voz da Rússia
Marlene Mortler, encarregada pelo governo alemão de combater as drogas, pretende ampliar a proibição, atualmente em vigor na Alemanha, para a propaganda comercial de produtos na base de tabaco.

Atualmente na Alemanha é proibido fazer propaganda de produtos de tabaco nos periódicos e na televisão. Os produtores podem utilizar meios de propaganda ao ar livre, cartazes de propaganda nas lojas e exibir vídeos nos cinemas depois das 18 horas. Se a iniciativa de Mortler for apoiada, eles irão perder também estas opções. Mortler afirma que “a renuncia ao tabaco deve vir a ser uma norma”.

De acordo com os dados do Centro Alemão de Pesquisas do Câncer em Heidelberg, o hábito de fumar responde por 100 – 120 mil mortes na República Federal da Alemanha por ano, sendo que mais de 3,3 mil pessoas morrem por causa da tabaqueação passiva.

O governo alemão calculou que as despesas com o tratamento de doenças, relacionadas ao tabaco, assim como a aposentadoria antecipada dos fumantes por causa do estado de saúde, causam à economia o prejuízo de cerca de 21 bilhões de euros por ano.

A partir de junho de 2014 na Rússia está em vigor mais uma parte da lei que restringe o tabagismo e a propaganda comercial de tabaco.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)