Mais de duas mil pessoas já buscaram ajuda para familiares usuários de drogas pelo Ligue 132

Mais de duas mil pessoas já buscaram ajuda para familiares usuários de drogas pelo Ligue 132. No primeiro semestre de 2014, o serviço nacional de orientações e informações sobre drogas, Ligue 132, atendeu 2.063 pessoas que buscavam ajudar familiares usuários de drogas. Nesse período, as mães foram os membros das famílias que mais ligaram para serviço, realizando 806 atendimentos.

Além de solicitar informações sobre como ajudar, os familiares também buscam um acompanhamento motivacional para conseguirem lidar com o estresse do problema. De acordo com a coordenadora do Ligue 132, Maristela Ferigolo, quando o familiar procura esse tipo de ajuda, ele já está predisposto e motivado para começar a superar o problema. “É de extrema importância o familiar estar motivado e preparado para entender o comportamento do usuário de drogas que geralmente oscila entre abstinência e recaídas e dessa forma poder ajudá-lo”.

Entre janeiro e junho desse ano, 199 familiares solicitaram o serviço de acompanhamento do Ligue 132, que tem como objetivo auxiliar essas pessoas a enfrentar o problema das drogas.

Um dos principais motivos desse acompanhamento a familiares é a codependência, que é caracterizada por dificuldade de resolução de problemas, sentimento de impotência, culpa e comportamentos permissivos. Para a supervisora do Ligue 132 e especialista na área, Cassandra Borges Bortolon, “os familiares de usuários de drogas precisam de ajuda para perceberem que, muitas vezes, é necessária uma mudança de conduta com o usuário. Assim, familiares mais conscientes e seguros diante dos conflitos podem oportunizar que o usuário reflita o seu consumo e decida fazer algo a respeito”.

Considerando todos os atendimentos realizados em 2014, 13.682 pessoas já foram atendidas pelo serviço. A cocaína foi a droga mais questionada nesse período, com 6.803 ligações (49%), seguida pelo álcool, com 5.781 (42%), e tabaco, com 5.093 (37%).

Inaugurado em 2005, Ligue 132 é um serviço nacional do programa “Crack, é possível vencer” do Governo Federal que tem como objetivo prevenir o uso de drogas no país. O serviço atende 24 horas por dia, de forma sigilosa e gratuita. O programa é uma parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre e AMTEPA. Todos os atendimentos são realizados por profissionais capacitados na área da saúde e voltados para motivar o usuário abandonar o uso de drogas.
Autor:
Fonte: SENAD