Políticas sobre drogas é tema de Comissão Mista entre Brasil e Peru

Prevenção, tratamento, redução da oferta, lavagem de ativos e tráfico de pessoas foram um dos principais pontos abordados na VIII Reunião da Comissão Mista Brasil-Peru sobre Drogas e Temas Conexos. O encontro ocorreu entre os dias 24 e 25 de setembro, no Palácio do Itamaraty, com a presença das delegações brasileira, chefiada pela Ministra Márcia Loureiro, do Ministério das Relações Exteriores; e peruana, com o Dr. Alberto Otárola, Presidente Executivo da Comissão Nacional para o Desenvolvimento e Vida sem Drogas (DEVIDA).

Na abertura da reunião, o secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, Vitore Maximiano, apontou que desafios comuns requerem ações coordenadas e que se tem avançado nesse sentido. “Estamos diante de um tema que mais nos apresenta à questão da transnacionalidade e no caminho certo para que possamos enfrentar as drogas”, afirmou.

Para o secretário, devem ser observados aspectos da prevenção e da oferta de serviços de cuidados aos usuários/dependentes de droga, incluindo assistência social, saúde pública e respeito aos direitos humanos. Com o objetivo de combater o narcotráfico, o chefe da delegação peruana, Dr. Alberto Otárola, indicou que o controle de fronteiras é uma das prioridades do governo peruano. Segundo Otárola, as ações de combate devem ser acompanhadas de políticas que busquem o desenvolvimento sustentável das áreas de fronteira.

Intercâmbio de informações

Na oportunidade de discussão sobre redução da demanda, Vitore Maximiano ressaltou o álcool e a cocaína como principais focos de atenção. Como políticas de prevenção e tratamento do uso de drogas, o secretário destacou a capacitação de professores e o Serviço Nacional de Orientações e Informações sobre Drogas, Ligue 132.

As delegações do Brasil e do Peru tiveram a oportunidade de trocar experiências nas áreas de redução da demanda, oferta, lavagem e tráfico de pessoas, bem como estabelecer parcerias, cooperação técnica e visitas. Também foram acordadas trocas de informações sobre programas de prevenção ao uso de drogas, experiências no tratamento e acompanhamento de comunidades terapêuticas.
Autor:
Fonte: Obid