Campinas oferece 100 vagas para tratamento de dependentes químicos

Programa é voltado para dependentes de álcool, crack e outras drogas.
Iniciativa atende familiares das pessoas com dependências químicas.
Do G1 Campinas e Região

A partir desta quarta-feira (17), a Prefeitura de Campinas (SP) disponibilizará 100 novos “Cartões Recomeço” para os dependentes químicos de álcool, crack e outras drogas. Gratuito, o programa oferecido na instituição do Padre Haroldo oferecerá atividades multidisciplinares aos usuários de drogas, mas também atenderá as famílias das pessoas afetadas. De acordo com os organizadores, o objetivo do projeto é ressocializar os dependentes químicos.

Segundo o coordenador do programa de prevenção às drogas Nelson Hossri, o programa atende, de forma voluntária, as pessoas com mais de 18 anos de idade, bem como as respectivas famílias dos dependentes. “Para a família, temos o ´Recomeço Família`, que é um braço do programa ´Recomeço` e nós temos breves terapias, atendimento em grupo, aconselhamento e orientações”, disse o coordenador.

Como participar

O interessado em contar com benefício deve ir até a Coordenadoria de Prevenção às drogas, na Rua Barreto Leme, nº 1550, na região central de Campinas, das 9h ás 12h e das 13h às 16h, de segunda a sexta-feira. Além dos 100 novos cartões, existem 203 vagas em aberto para as internações na comunidade Padre Haroldo.
Antes de ser encaminhada para a internação, o dependente passa por uma triagem e uma pré-entrevista com uma cartilha de orientações. Ser morador de Campinas e aceitar o tratamento voluntário estão entre os pré-requisitos para as vagas. Não há avaliação econômica do interessado. Com início em setembro de 2013, o programa já beneficiou 307 pessoas. A média é de que sete em cada 10 internações são bem sucedidas.
Fonte:UNIAD – Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas