Prevenção a uso de drogas nas escolas será ampliada em Florianópolis

Adolescentes de 29 escolas da rede municipal de ensino receberão uma carga extra de autoestima e de formação de pensamento crítico em 2015. Tudo para que tenham mais autonomia e confiança, suficientes para tornarem-se menos vulneráveis ao uso de drogas e a outros comportamentos negativos. Trata-se do #TamoJunto, desenvolvido pela equipe do Programa Saúde na Escola, em parceria com o Ministério da Saúde, que será ampliado neste ano.

O #Tamojunto é a versão nacional de uma metodologia elaborada por pesquisadores europeus, chamada Unplugged. Foi testada pela primeira vez em 2013, em fase pré-piloto, para alunos de quatro escolas de Florianópolis, com apoio da UFSC. No ano passado, mais nove escolas foram incluídas, beneficiando adolescentes de 13 e 14 anos nos 7º e 8º anos do período escolar.

Usando linguagem descontraída e acessível, o programa aborda diversos assuntos e situações de estresse capazes de potencializar o uso de drogas entre os alunos. O objetivo é fortalecer fatores de proteção, como bem-estar psicológico e bom relacionamento com os pais e professores, que tornam os adolescentes menos vulneráveis ao uso de drogas e álcool.

Adaptação

No segundo semestre de 2013, escolas de São Paulo, São Bernardo de Campo e Florianópolis participaram da fase pré-piloto do programa, aplicando uma versão da metodologia Unplugged traduzida para o português. No começo de 2014, foi finalizada a adaptação da metodologia para o contexto brasileiro. Esta versão passou a se chamar #TamoJunto, nome escolhido pelos alunos das escolas que receberam a fase pré-piloto do programa.

A importação, adaptação cultural e avaliação do #Tamojunto, entre outros programas de prevenção, são implementadas pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e a Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde.
Autor:
OBID Fonte: Portal da Ilha com informações da ASCOM/PMF