Ressaca da pele: excesso de álcool causa diversos problemas para a cútis

Diário Catarinense
Vermelhidão, ressacamento e envelhecimento precoce estão associados ao consumo de álcool

Durante as férias, muitas pessoas aproveitam a falta de compromissos no dia seguinte para enfiar o pé na jaca e se divertir com os amigos. Mas aquelas cervejinhas a mais podem fazer mais mal do que você pensa. Depois de um excesso na noite anterior, não é só o fígado e a cabeça que sofrem, mas também a pele.

Isso acontece porque o álcool etílico é um dilatador de vasos sanguíneos – razão pela qual ficamos vermelhos quando bebemos. Ao expandir os vasos, condições como rosáceas e oleosidade da pele ficam acentuadas em um primeiro momento.

Mas ao longo da noite, o corpo vai precisando de mais e mais água para poder eliminar moléculas de álcool e começa a buscar nos tecidos periféricos, como a pele. Esse ´roubo` vai tirando o brilho e ressecando a cútis, o que pode levar a descamação. Os efeitos ainda são sentidos nos cabelos com o aumento da caspa e nas unhas com o enfraquecimento delas e com o possível surgimento de manchas brancas.

Esse excesso feito de maneira mais frequente pode ter consequências ainda mais permanentes na pele. O álcool ajuda na produção de moléculas reativas de oxigênio, que em contato com as células danificam a sua estrutura, causando um envelhecimento precoce.

A quantidade que uma pessoa pode ingerir sem causar danos a pele depende do metabolismo e do tipo físico da pessoa, além do sexo. As mulheres, por exemplo, são mais afetadas pelo ingestão de álcool.

Confira algumas dicas para evitar a ´ressacada` na pele:

– Junto ao álcool ingira água ou água de coco.

Sucos e refrigerantes, dependendo da concentração, podem dificultar a hidratação e não ter o efeito desejado. Na prática, considere que para cada taça de vinho, uma taça e meia de água já ajuda a eliminar o efeito do álcool na pele. Com uma cerveja, meio copo já é suficiente.

– Consuma alimentos leves, de fácil digestão.

Para metabolizar o álcool e eliminá-lo de seu organismo, seu corpo fica bastante estressado. Acrescentar trabalho ao fígado para digerir gorduras ou uma segunda bebedeira atrapalha. Além do que, uma alimentação saudável e equilibrada ajuda a beleza da pele.

– Compressas de chá gelado (como o de camomila) desincham

Com os vasos dilatados, a pele tem uma leve sensação de inchaço, principalmente no rosto. O chá gelado auxilia os vasos a voltarem ao seu tamanho natural e dão uma aliviada na sensação de calor do rosto.

– Borrife água algumas vezes ao dia no rosto.

A pele agradece a reposição de água diretamente.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)