Seminário do Projeto Redes debate qualidade do atendimento ao usuário de drogas

A Prefeitura Municipal de Aracaju sob a coordenação da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec) deu continuidade à série de seminários, desenvolvido pela Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (Senad/Ministério da Justiça) para fortalecer as ações do programa Crack, é Possível Vencer, do Governo Federal. O quinto seminário aconteceu na tarde da última quinta-feira, 26, no auditório da SMTT, onde foram apresentadas e discutidas ações e experiências relacionadas à prevenção do crack e outras drogas.

No período da manhã, além das discussões acerca do fluxograma geral do usuário na rede, os escritores dos Centros de Atenção Psicossocial – CAPS III apresentaram o livro ´Saúde mental e inserção social`, lançado recentemente em parceria com alguns alunos da área de saúde da Universidade Tiradentes. No período da tarde os participantes do seminário deram continuidade aos debates e delinearam algumas atitudes importantes para a qualidade do atendimento, tais como a compreensão do outro sem impor condições ou julgamentos, demonstração do real interesse em ajudar, respeito às diferenças, tolerância e generosidade.

A representante da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD) e supervisora do Projeto Redes em Aracaju, Karina Rosa, se mostrou satisfeita com o resultado dos últimos seminários e acredita que o projeto tem avançado a cada fórum. Estamos construindo um caminho promissor para Aracaju, conseguimos consolidar essa rede que já existe, com os equipamentos que já estão disponíveis, destacou Karina.

Para o usuário do CAPS há seis meses, Ediclésio Cardoso, o fórum é muito importante para pais e mães de família, além de dependentes de drogas que esperam pela libertação do vício. Essa é uma ação positiva para a sociedade, precisamos buscar respostas para entender porque tantos jovens se envolvem com uma substância como essa que nos causa tantos problemas, afirma Ediclésio.

Ao fim das discussões, os participantes foram agraciados com a apresentação musical de dois usuários do CAPS AD, José Joaquim (voz) e Ediclésio Cardoso (voz e violão), que encantaram a todos com grandes clássicos da MPB e músicas autorais.

O próximo seminário acontecerá no dia 16 de abril, em continuidade aos temas discutidos e abordando o alinhamento conceitual teórico e metodológico da judicialização e interlocução com as equipes do Poder Judiciário. E no dia 14 de maio haverá uma avaliação qualitativa dos encontros e construção de uma nova agenda.

Presenças

Participaram do debate representantes da Guarda Municipal, Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), Secretárias da Indústria e Comércio (Semict), Família e Assistência Social (Semfas), Saúde (SMS), Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), SAMU/SE e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).
Autor:
OBID Fonte: Ascom AAN