Estudo revela que adolescentes usam cigarro eletrônico para fumar maconha

Yahoo Brasil
Os adolescentes estão adorando esta novidade, pois o cheiro da cannabis fica bem mais discreto do que quando se fuma da forma tradicional.

Os especialistas já andam de cabelos em pé com a crescente taxa de consumo de cigarros entre adolescentes, mas um novo estudo feito em Yale mostra que a maconha pode representar uma nova preocupação.

De acordo com um levantamento feito com 3.847 estudantes de Connecticut, Estados Unidos, 27,9% por cento dos adolescentes admitem o uso de cigarros eletrônicos. Deste grupo, 18,7% afirma que também usou maconha através do aparelho. Aproximadamente 26,5% daqueles que já tinham fumado maconha em algum momento, também usou este método.

Os adolescentes também relataram o uso do cigarro eletrônico como meio de consumo do óleo de haxixe e de uma substância cerosa que contém THC, o principal ingrediente da maconha que deixa as pessoas alteradas. A autora principal, Meghan Morean, PhD, professora assistente de psicologia no Oberlin College, estava trabalhando no laboratório da coautora sênior, Suchitra Krishnan-Sarin quando ela percebeu a nova tendência.

Morean já tinha visto vários estudos sobre a possibilidade de usar o cigarro eletrônico desta forma quando soube que os adolescentes estavam começando a fazer isso. “Vários estudantes que estavam participando de um estudo independente, mencionaram que os adolescentes andam usando os cigarros eletrônicos para fumar cannabis”, ela conta ao Yahoo Health. “Após alguma pesquisa, percebemos que não havia nenhum estudo científico sobre este tema”.

Originalmente projetado para soluções de nicotina, os cigarros eletrônicos têm sido usados com a cannabis e outras substâncias, como o óleo de haxixe. “Não esperávamos que os adolescentes usassem este artifício, principalmente com os preços que observamos”, Morean diz. “No entanto, adolescentes são engenhosos, e tendo em conta o rápido aumento da popularidade dos cigarros eletrônicos, talvez fosse apenas questão de tempo”.

Morean forneceu algumas das primeiras evidências documentadas de que usar maconha desta forma é tendência entre os adolescentes, e espera que seu estudo os alerte sobre os perigos desta prática.

“Fumar maconha desta forma é mais discreto do que da maneira tradicional, já que o mecanismo diminui o cheiro da fumaça”, diz ela. “Além disso, outras formas da maconha consideradas mais potentes, como o óleo de haxixe, podem ser usadas assim”.

Com a facilidade de esconder o uso, a preocupação é que mais e mais adolescentes embarquem nesta nova onda.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)