Consumo de álcool e violência doméstica

A violência doméstica é uma das principais causas de danos à mulher sendo que a grande maioria dos casos parte dos homens. O consumo de bebidas alcoólicas pode ser considerado um fator de risco nos casos de violência interpessoal.

Em estudos realizados nos Estados Unidos e em outros países do mundo, o consumo de bebidas alcoólicas é extremamente comum no contexto de violência doméstica, principalmente nos episódios de abuso das vítimas.

Neste estudo, os autores focaram no abuso de esposas de militares dos EUA em que a violência doméstica consiste em um problema social e de saúde pública. A amostra estudada foi retirada de um levantamento realizado entre casais civis e militares.

Estudos realizados em populações de militares mostraram que há algumas diferenças demográficas como fatores de risco para violência doméstica.

Esse estudo foi realizado com a finalidade de avaliar a relação entre a maneira de soldados consumirem bebidas alcoólicas e o abuso sexual de suas esposas. O objetivo foi examinar a relação entre o uso abusivo do álcool e com informações demográficas e ocupacionais, além do comportamento na vigência do uso do álcool.

Para tal, os casos incluíram homens que servem o exército e identificados como sendo consumidores de bebidas alcoólicas. Em uma regressão logística multivariada, cerca de 22% dos bebedores pesados mostraram-se mais agressivos que os abstêmios (66%).

O estudo concluiu que o consumo de bebidas alcoólicas não mostrou ser um fator de risco para atos violentos contra esposas no período de 5 anos de avaliação dos soldados.
Fonte:CISA – Centro de Informações Sobre Saúde e Álcool