Quais substâncias são usadas para substituir drogas em filmes e séries?

No estúdio, não tem flagrante: tudo é feito com materiais inofensivos
Por Debora Pivotto

UÍSQUE: Um copo de chá-mate com bastante gelo ou até guaraná sem gás.

CIGARRO: Vários atores fumam cigarros comuns, mas muitos preferem versões sem nicotina, criadas para auxiliar quem tenta parar de fumar. Importados dos EUA, custam US$ 4 o maço.

MACONHA: Fuma-se tabaco comum enrolado na seda, o papel fino normalmente usado com maconha. Se a cena mostrar a confecção de um baseado, mistura-se tabaco com sálvia para ficar mais parecido.

COCAÍNA: Para ver: se a droga é apenas mostrada em carreiras ou papelotes, pode ser substituída por farinha de trigo peneirada (para ficar bem fininha), frutose ou açúcar de confeiteiro. Para cheirar: a substância mais utilizada é o soro fisiológico em pó, à venda nas farmácias para, dissolvido em água, combater gripes e resfriados. “A aparência é idêntica à droga, e ele pode ser inalado sem causar danos”, diz Rafael Blas, assistente de direção de arte.
Fonte: Joana Mariani, produtora da Primo Filmes.
Fonte: Superinteressante