Mulher morre após overdose de botox em Hong Kong

Por Agência EFE

Uma mulher de 52 anos morreu em Hong Kong nesta segunda-feira (12) depois de receber uma overdose de botox em uma clínica estética, o terceiro caso deste tipo em menos de um mês na China, informou o jornal de Hong Kong “South China Morning Post”.

O pessoal da clínica avisou no domingo que a mulher, de sobrenome Cheung, tinha desmaiado após receber um tratamento de botox.

Após ser levada em estado crítico para o hospital Queen Elizabeth, o pessoal de saúde certificou sua morte às 9h42 (horário local, 23h42 de domingo em Brasília) desta segunda-feira (12).

Segundo fontes policiais citadas pelo jornal, a mulher teria recebido mais de dez injeções de botox na clínica, que ainda não se pronunciou a respeito.

A investigação continua e não foi feito nenhum tipo de detenção até agora.

A toxina botulínica, mais conhecida como botox, é uma neurotoxina utilizada como tratamento de algumas doenças neurológicas e como produto cosmético para eliminar rugas faciais.

No entanto, em altas doses pode provocar paralisia muscular progressiva, dificuldades respiratórias e inclusive a morte.

Fonte: Bem Estar, G1