Fiocruz lança nova versão do Plano de Contingência

CCS/Fiocruz

A partir desta terça-feira (17/3), a Fiocruz institui um regime especial de funcionamento com o objetivo de garantir a proteção dos trabalhadores, estabelecer condições de trabalho para os envolvidos nas atividades essenciais voltadas para o enfrentamento da pandemia da doença causada pelo SARS-CoV-2 e contribuir para as medidas de segurança que vêm sendo determinadas pelas autoridades sanitárias. Para isso, já a partir de amanhã (18/3), a instituição passará a adotar um esquema de rodízio, intercalando atividades remotas (trabalho em casa) e presenciais, de modo a reduzir a circulação de pessoas no ambiente de trabalho convencional e o deslocamento pela cidade.

As novas medidas, bem como ações de proteção a pessoas que se enquadram no grupo de risco para a Sars-Covid-2, estão contidas em nova versão do Plano de Contingência da Fiocruz para o Covid-19, documento elaborado por uma comissão especial e coordenado pela Coordenação de Vigilância em Saúde e Laboratórios de Referência (CVSLR) e pelo Gabinete da Presidência. O Plano será atualizado permanentemente para dar conta de todas as novas informações acerca da pandemia. Clique aqui para baixar a nova versão, publicada nesta terça-feira (17/3).

A Fiocruz reforça a importância de que todos tenham a consciência do papel crucial que a instituição e seus trabalhadores desempenham para o enfrentamento desta pandemia, como parte da solução. Por isso, a responsabilidade na organização do trabalho, de forma a garantir o desenvolvimento das atividades e dos serviços essenciais, fará diferença não apenas para os trabalhadores da instituição, mas para toda a sociedade.

Fonte:Agência Fiocruz de Notícias