Coronavírus x fumo: tabaco, maconha e cigarro eletrônico podem aumentar gravidade da Covid-19

‘Fumantes são mais vulneráveis a vírus respiratórios que os não fumantes’, explica José Miguel Chatkin, presidente da Sociedade Brasileira de Pneumologia. Os riscos do cigarro para a saúde das pessoas são conhecidos, mas a Covid-19 criou novas preocupações para os fumantes. Abaixo, o G1 esclarece dúvidas sobre a ação do coronavírus no organismo dos tabagistas.

Veja mais: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/04/15/coronavirus-x-fumo-tabaco-maconha-e-cigarro-eletronico-podem-aumentar-gravidade-da-covid-19.ghtml

Fonte:UNIAD – Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas